segunda-feira, 25 de julho de 2011

Review 3x09 - "About Last Night"

                Certo que não sou nenhum filósofo, nenhum pensador importante e muito menos um escritor renomado, mas eu já havia falado coisas que Dexter comprova. Nascemos sozinhos e morremos sozinhos. A vida é só uma tentativa desesperada de mudar esse quadro. Esta 3° temporada só confirma o que eu já havia dito. A ideia de solidão perturba Dexter ao ponto de se segurar firme em qualquer projeto de ligação mais profunda com alguém. No ritual, ele sente a necessidade de uma conversa pré-mortis, expondo sua vida, explicando o motivo da morte e se desabafando. Lembram-se do Dr. Emmet Meridian? Primeira temporada, terapeuta que induzia suas pacientes a um suicídio ritualístico. Dexter se consultou com ele, e se sentiu muito bem ao compartilhar o Dark Passenger. A diferença é que ele sempre matou as pessoas, logo após elas descobrirem sobre ele. Mas não com Miguel.

                Sabe aquela história de que a mentira tem perna curta? Pois é, não precisa nem ser mentira, a verdade sempre aparece. Principalmente se você é uma criança inexperiente como Miguel Idiota Prado. Sylvia aparece dizendo que Miguel não dormiu em casa. Onde diabos ele estava? Dexter começa a entrar em conflito. O perfeito Harry Morgan perdeu a credibilidade por causa da mentira. Miguel mentiu. Temos tudo para ver Dexter em conflito.
                É isso. Anton Briggs está nas mãos de George King, o “esfolador”. Agora a polícia precisa o encontrar para salvar sua pele. Literalmente.
                “Miguel desapareceu ontem a noite. Ellen desapareceu esta manhã. Poderia ser coincidência.” Harry usando de psicologia reversa. Dexter puto não fala nada.
                “Pelo que li sobre esses doentes de merda, eles normalmente tem algum tipo de... código.” –Dex sobre o Psicopatas. Irônico, não? Haha
                Quando o assunto é Miguel Prado, Dexter convoca memórias e alucinações de Harry para ajuda-lo. Com isso Dexter vai a procura da provavelmente morta Ellen Wolf. É Dexter, seu instinto realmente não falha. “Eu criei isso.” Harry criou um monstro, mas não pode suportar e se matou. Dexter criou um monstro, o que fará agora? Se Dexter tivesse alguma consciência ele se sentiria culpado, sentiria que o sangue da advogada está em suas mãos também. Mas ao invés de acabar com isso de uma vez por todas, não! Dexter tenta ensinar mais uma lição para o promotor aprender o código. Então ele faz com que Ellen Wolf, ou melhor, seu cadáver, seja descoberto.
                Miguel extremamente manipulador mesmo. Convence Rita de que ele seguirá seus conselhos e melhorará com a Sylvia. Tudo o que Miguel não precisa agora é suspeitas desnecessárias sobre seu comportamento, certo?
                “Você é uma pessoa sábia [...] você tem percepção [...] eu seria um tolo se não seguisse seus conselhos [...] acho que você poderia salvar minha vida.” Dica para você que é um aprendiz de manipulador: Não use a mesma frase com um homem e uma mulher que tem contato entre si. A mulher com certeza vai comentar a frase, ainda mais se isso levantou seu ego, e o homem vai perceber que estava sendo manipulado. Rita, ao citar Miguel, sem perceber acusa mais um defeito, uma mentira, uma característica infeliz do Miguel.
                Debra e Quinn armam para Mario Astorga entregar de vez George King, podando as árvores em frente a sua casa. Deu certo, ele fala sobre um lugar alugado que King tem, e lá eles encontram Anton, mas nada do esfolador.
                Pausa para o ápice da interpretação do Michael C. Hall na temporada até agora. Respire fundo. Pronto? Então, Dexter descobre que o sangue na camiseta que Miguel o entregou, como se fosse prova da confiança dele, era sangue bovino. Dexter pira. Surto total. Com direito a se contorcer de raiva, gritando o nome de Miguel e ainda quebrar seu pequeno laboratório. Tudo isso dentro da sua mente. Depois disso ainda tem a capacidade sorrir ao aceitar o convite de Miguel de ir jogar golfe.
        “Eu não criei um monstro, eu fui usado por um” “Hoje... sinto algo real Estas frases fazem a imaginação de todo fã de Dexter viajar imaginando o que está para acontecer nos próximos dois episódios. #MataEleDex!

Abaixo seguem alguns links de gifs da cena do descontrole mental de Dexter deste episódio:

http://dexbr.tk/qpEe2s
http://dexbr.tk/pZegI2
http://dexbr.tk/pLxohL
http://dexbr.tk/oY34M8


Por: @Gabrielbarros42

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR