domingo, 10 de abril de 2011

A Origem de Dexter

  

A série DEXTER, exibida pelo canal americano Showtime, foi inspirada na obra de Jeff Lindsay, autor de cinco romances policiais que tem como personagem principal o serial killer maisamado do mundo: Dexter Morgan.

Dexter: A mão esquerda de Deus
Em Dexter: A Mão Esquerda de Deus, Jeff Lindsay nos apresenta Dexter Morgan, analista de borrifos de sangue da polícia de Miami, que nas horas vagas “trabalha” como serial Killer.
Neste livro a vida bem organizada de Dexter é subitamente desestruturada quando um novo serial killer passa a atuar na cidade. Dexter fica intrigado, curioso pelo fato deste assassino ter um estilo muito semelhante ao seu.
O novo assassino parece estar mais do que copiando Dexter, parece estar dizendo: “Venha brincar comigo”.

COMENTÁRIOS (pode conter spoilers):
Ao começar pelo trocadilho existente no próprio título do livro, podemos perceber a que veio Jeff Lindsay ao nos apresentar Dexter Morgan.
Este livro nos mostra as nuances e a verdadeira personalidade de Dexter, que não é tão emocional quanto ao Dexter da série. Vimos um personagem complexo, completamente racional e que nos prende do início ao fim do romance deixando um profundo gostinho de quero mais.

Querido e Devotado Dexter
No segundo livro de Jeff Lindsay, Dexter Morgan encontra no sargento Doakes seu arqui-inimigo, que está quase descobrindo seu passatempo preferido fazendo com que o “passageiro das trevas” saia de cena para dar lugar ao bom moço.
Além da preocupação com Doakes, Dexter encontra uma nova presa: Dr. Danco, um médico satânico que invade Miami e esquarteja pessoas com perfeição para deixá-las vivas!

COMENTÁRIOS (pode conter spoilers):
Para mim o melhor livro da série! A incessante busca de Dexter por Danco tendo Doakes em seu encalço faz com que este livro se torne emocionante do início ao fim, sem falar no Dr. Danco, um personagem quase tão interessante quanto o próprio Dexter e que achei um desperdício não ter sido usado na série.

Dexter no Escuro
No terceiro livro, Dexter Morgan tem que lidar com um mal tão aterrorizante que provoca a fuga de seu “Passageiro das Trevas” deixando-o completamente sozinho e sem inspiração para enfrentar um novo caso, sua irmã e os preparativos de seu casamento com Rita.
Poderia haver melhor hora para ser abandonado pelo seu “amigo” mais íntimo?!

COMENTÁRIOS (Pode conte spoilers):
Particularmente não gostei muito da mística existente no pano de fundo deste livro. Em grau de comparação, acho os primeiros romances infinitamente melhores, mas a leitura se torna válida para perceber a necessidade que Dexter tem de ter o “Passageiro das Trevas” em sua vida. O quanto ele fica desorientado quando seu amigo vai embora.
Infelizmente esse personagem do livro tão importante, não foi bem aproveitado na série, salvo na 4ª temporada, onde Dexter faz uma maior alusão ao Dark Passenger.
Os três romances acima foram publicados no Brasil pela Editora Planeta, ainda não tendo datapara o lançamento de Dexter by Desing e Dexter is Delicious.

Por: Fabianna Castellani
fabiannacastellani@yahoo.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

CARREGANDO NOVO FORMULÁRIO DE COMENTÁRIOS. AGUARDE.... SE VOCÊ ESTIVER LENDO ISSO E A PÁGINA FOI TOTALMENTE CARREGADA, NÃO USE ESTE FORMULÁRIO PARA COMENTAR. APERTE F5 E AGUARDE O NOVO FORMULÁRIO CARREGAR